Product Big image
1.10 €

Barra HiGums

  • Ref:0048
  • Peso: Gr

 
 
 
O consumo ou ausência de hidratos de carbono tem um impacto imediato sobre o desempenho atlético durante o treino e competições. Por esta razão, a Nutrisport R&D com o objetivo de otimizar a ingestão de carboidratos, atingindo todos os gostos e preferências dos atletas criou a HiGums Bar, que é uma nova barra de textura macia (tipo goma), fácil de mastigar, ideal para satisfazer os paladares mais exigentes durante o esforço físico intenso.
 
Os hidratos de carbono uma vez ingeridos são armazenados em reservas de energia musculares ou no fígado como glicogénio, com o músculo utilizado como principal fonte de energia durante o desporto. No entanto, as reservas de glicogénio são limitadas, de modo que durante a prática desportiva os indivíduos beneficiam de uma ingestão de carboidratos exógenos.
 
Ingestão de carboidratos durante o desporto:
 
    - Mantém níveis adequados de glicose no sangue, evitando o aparecimento de tontura ou baixa de açúcar no sangue.
 
    - Intervém na hidratação correta do organismo.
 
    -  Impedem o aparecimento da fadiga prematura, promovendo estado de alerta e a concentração e /ou reacção durante o exercício de intensidade moderada a alta.
 
APRESENTAÇÃO: barra de 25 gramas.
 
Alergénico ingredientes: Sabor Fruity1: Pode conter vestígios de trigo, farinha de aveia e nozes. Sabor morango2: Pode conter vestígios de glúten e nozes.
 
Composição:
 


Os produtos Nutrisport não são destinados a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir doenças ou males. Os suplementos desportivos e alimentares não devem sobrepôr-se a uma alimentação diversificada. Não ultrapasse a dose diária recomendada. Use os suplementos juntamente com um regime alimentar controlado sempre que possível. Todos os produtos da marca Nutrisport, são suplementos desportivos ou alimentares segundo o estabelecido na Directiva Europeia 2002/46/CE sobre Suplementos Alimentares e todos eles podem ser vendidos legalmente em todos os países da Comunidade Europeia, pelos artigos 28, 29 e 30 do tratado da Comunidade Europeia e pelos artigos 1 a 4 da Decisão do Parlamento Europeu numero 3052/95/CE.